Dicas, Praia, Piscina, Churrasco

4 motivos para usar mais ventilador e menos ar-condicionado

O ar-condicionado não é nenhum inimigo, pelo contrário, é um aliado para encarar os dias mais quentes do verão. O que acontece é que o uso excessivo, seja em casa ou na empresa, pode causar alguns problemas de saúde e ainda comprometer o orçamento.

O ideal é fazer o uso alternado dos dois equipamentos, deixando o ar-condicionado apenas para aqueles dias de muito calor. Se nos últimos tempos você andou aposentando ou até mesmo se desfazendo do ventilador, aqui vão 5 razões para trazê-lo de volta  à ativa. 

É mais saudável

O ar-condicionado retira a umidade do ambiente, o que resseca as mucosas e diminui as defesas do organismo. Bebês, idosos e alérgicos são os que mais sofrem com o problema. Além disso, se não estiver sempre com o filtro de ar limpo, o sistema de refrigeração pode espalhar fungos no ambiente.

O ventilador oferece a vantagem de poder ser usado com as janelas do ambiente abertas. E por isso, promove a constante renovação do ar.

Consome menos energia

O consumo médio mensal de um ventilador é cerca de dez vezes menor em comparação com o do ar-condicionado. Para refrescar uma sala durante quatro horas diárias, por exemplo, um ar-condicionado do tipo “split” demanda em torno de 71 kWh por mês. Um ventilador de teto consumiria cerca de 8,76 kWh.

A manutenção é simples

O ventilador é mais fácil de limpar, e como não acumula umidade não espalha fungos pelo ambiente. No caso dos modelos de mesa ou de chão, certifique-se de que a grade está bem fechada e evite acidentes com bebês ou animais de estimação.

Você leva para onde quiser

Além do custo de aquisição de ser bem menor que o de um ar-condicionado, você pode instalar um ventilador de teto nas áreas mais frequentadas da casa e comprar um ventilador de coluna ou ventilador de mesa para usar onde quiser. Aproveite os descontos nas lojas da Thony e encare o verão numa boa! 

1 thought on “4 motivos para usar mais ventilador e menos ar-condicionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *