Construção

Piso retificado: o que é e quando utilizar

piso retificado

O Mês da Construção já começou na Thony e, além de descontos especiais, preparamos uma série com dicas para quem trabalha no setor da construção ou pretende colocar a mão na massa e tirar aquele antigo projeto do papel.

Vamos falar hoje sobre o piso retificado que, ao contrário do que muitos pensam, não tem nada a ver com classificação de qualidade e sim com o modelo da borda. Confira quais são as características do produto e os casos em que é melhor utilizá-lo.

O que é

As peças de piso retificado podem ser encontradas em cerâmica ou porcelanato. O que determina se o material é retificado ou não são as bordas de cada placa.

No piso retificado as bordas são mais retas e sua superfície mais fina, pois são cortadas por discos de diamante. No acabamento tradicional, que é chamado de bold, as bordas são levemente arredondadas e o tamanho de cada peça nem sempre é o mesmo.

porcelanato retificado 2

Quando utilizá-lo

Uma das principais diferenças entre o piso retificado e o bold está na instalação. O bold irá exigir mais rejunte, já que as peças não possuem o mesmo tamanho. O retificado, por sua vez, exige menos rejunte e permite uma instalação contínua e uniforme.

Dessa forma, o piso retificado é indicado para ambientes em que se deseja um visual clean e sofisticado, pois tem acabamento mais regular, quase imperceptível. O bold, por sua vez, é recomendado para projetos com visual mais rústico, já que o rejunte neste caso é mais aparente.

porcelanato retificado 3

Vantagens de usar o piso retificado

– Um revestimento retificado pode ter valor até 30% maior do que o comum, mas possui vida útil longa devido ao seu elaborado processo de fabricação, raramente você terá algum problema com o piso retificado após a sua instalação;

– O custo da obra também costuma ser menor, na comparação com o piso bold, pois precisa de menos rejunte. As peças tradicionais vão exigir juntas de dilatação de 3 a 8mm, enquanto que o piso retificado vai exigir no máximo 2mm;

– Em muitos projetos é comum vermos a utilização de junta seca para fazer o assentamento. As peças são encostadas uma nas outras, utiliza-se argamassa flexível e deixa-se um espaço de 1,5mm para dilatação do produto;

– O espaçamento entre as peças é menor, por isso a tendência é que acumule menos sujeira.

1 thought on “Piso retificado: o que é e quando utilizar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *