Reforma e construção

Como começar uma reforma (e terminar no prazo)

Quantas vezes você já pensou em mudar o visual da sua casa mas mudou de ideia só de pensar no transtorno da obra? Acontece que o terror da reforma na maioria das vezes é puro folclore.

Basta um pouquinho de organização para que tudo corra bem e sem maiores transtornos, tanto no orçamento quanto na rotina diária.

DICAS DE COMO COMEÇAR UMA REFORMA

O que vou reformar?

O  primeiro passo é decidir o que será reformado. Pode ser que você tenha vontade de modificar a casa toda, mas se o orçamento for pequeno, melhor fazer cômodo por cômodo, para não cair na armadilha de uma obra que nunca termina. Outro risco é começar a reforma e depois querer ampliar infinitamente. Dessa forma, se você definir desde o início o que quer fazer será mais fácil manter o foco.

Quem vai fazer?

Concluído o primeiro passo, você já terá condições de analisar se a reforma exige a contratação de profissionais especializados ou se você consegue dar conta dos reparos. 

Na hora de contratar alguém, peça indicações de amigos ou consulte a aba Prestadores de Serviços, disponível no site da Thony.

dicas de como começar uma reforma

Quanto vou gastar?

Uma vez que você já sabe o quanto vai gastar com mão de obra, é hora de fazer o orçamento dos materiais. Para facilitar a tarefa, você pode consultar os preços pelo site da Thony ou ainda pelo televendas. Existe ainda a opção de entregar a sua lista de materiais em uma das nossas lojas que a nossa equipe dá conta do levantamento.

Uma dica é aproveitar promoções e comprar os itens previamente, deixando as despesas com mão de obra para um segundo momento.

dicas para reformar

Quanto tempo vai levar?

Se você vai contratar um profissional é importante ajustar previamente um cronograma que estabeleça um prazo de conclusão relacionado ao valor do serviço. Se for você mesmo que irá executar a obra, também é preciso prever a duração para organizar a vida neste período.

Lembre-se que a rotina será alterada. Dependendo do reparo, talvez não seja possível lavar roupas ou usar o chuveiro, por exemplo, sendo necessário encontrar alternativas.

Devo contratar um arquiteto?

Por mais que você tenha dúvidas sobre esse investimento, contratar um arquiteto pode ser o diferencial entre um projeto bem-sucedido e uma obra que não atingiu as expectativas dos moradores.

As vantagens de ter um arquiteto acompanhando a sua obra são inúmeras. Vale conferir aqui na blog o post 9 motivos para contratar um arquiteto em obras residenciais e analisar as razões que fazem valer a pena a contratação desse profissional.

Agora que você já conferiu o roteiro básico de como começar uma reforma (e terminar no prazo), que tal começar a tirar o seu sonho do papel? Na dúvida entre em contato com as lojas da Thony, nossa equipe está pronta para auxiliar na compra de materiais!


* Confira também aqui no blog o post 6 dicas para economizar na obra (ou na reforma).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *