Reforma e construção, Sem categoria

Como escolher rejunte? Conheça os diferentes tipos e acerte na escolha!

Dúvidas sobre como escolher rejunte são normais. Afinal você encontra pelo menos três tipos diferentes no mercado e que atendem a diferentes necessidades. Além disso, essa é uma escolha super importante, uma vez que uma das principais funções do rejunte é impermeabilizar as laterais do revestimento. Ou seja, a escolha do material adequado interfere em muito na durabilidade da parede ou piso.

Assim, de nada adianta optar por um rejunte bonito e de qualidade se ele não for o tipo adequado. Por isso, selecionamos algumas informações sobre como escolher rejunte e as características de cada um dos tipos

Confira abaixo as dicas e, em caso de dúvida, conte com o atendimento das equipes das lojas da Thony! Acesse o site ou visite uma de nossas lojas em Porto Alegre!

Qual a função do rejunte?

Como já mencionamos, a função do rejunte vai muito além da estética. Por isso é importante fazer uma boa escolha, uma vez que o rejunte tem as seguintes funções:

– Diminuir infiltrações;

– Impedir o acúmulo de sujeira;

– Evitar que insetos habitem as frestas;

– Compensar eventuais diferenças entre as peças do revestimento;

– Absorver deformações da estrutura que recebe as peças;

– Facilitar a remoção do revestimento.

Cimentício, Acrílico ou Epóxi? Saiba como escolher rejunte

1) Rejunte Cimentício

Também chamado de rejunte cerâmico, esse é o tipo de rejunte mais barato do mercado. Como o próprio nome indica, normalmente é feito de cimento, areia fina, pigmentos, polímeros e aditivos. Por conta de sua composição, o acabamento acaba sendo mais rústico, já que o rejunte é mais áspero e rugoso. Devido a essa característica, costuma ser indicado para peças texturizadas e porosas, sendo bastante utilizado em áreas externas.

Rejunte Cerâmico Quartzolit
Rejunte Cerâmico Quartzolit, clique no link para ver mais.

Uma das vantagens do rejunte cimentício está na aplicação, pois na hora do assentamento a limpeza é mais fácil de ser feita. Entretanto, no dia a dia o material tende a juntar mais sujeira devido à sua superfície áspera.

2) Rejunte Acrílico

O rejunte acrílico tem em sua composição a resina acrílica e outros ingredientes de aditivação. Costuma ser considerado um produto intermediário entre o cimentício e o epóxi.

Rejunte Acrílico Quartzolit
Rejunte Acrílico Quartzolit, clique no link para ver mais.

Sua textura fina confere altíssimo desempenho e traz vantagens como a resistência à formação de fungos e o acabamento liso. É bastante utilizado em áreas internas e no assentamento de porcelanatos e azulejos.

O tempo de secagem é menor do que o do rejunte cimentício. Por isso sua aplicação demanda um pouco mais de atenção na limpeza. Ainda assim, oferece maior praticidade do que o rejunte epóxi.

3) Rejunte Epóxi

Esse tipo de rejunte é composto por resina epóxi e catalisador, o que torna a massa firme e deixa o rejunte completamente impermeável.

Rejunte Epóxi Quartzolit
Rejunte Epóxi Quartzolit, clique no link para ver mais.

Por evitar a penetração de sujeira e umidade, o rejunte epóxi é muito utilizado no acabamento de banheiros, cozinhas e demais ambientes onde a higiene é requisito essencial. E como se trata de um material com secagem rápida, recomenda-se mais do que nunca a aplicação por profissional especializado.

E então, o que você achou das informações que selecionamos? Tem dúvidas ainda sobre como escolher rejunte? Conta pra gente nos comentários ou entre em contato com nossa equipe em uma das lojas da Thony ou através do nossa loja virtual!


* Confira também aqui no blog o post Como renovar rejunte com Renova Fácil Quartzolit.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *