Dicas de segurança, Iluminação, Segurança domiciliar

Iluminação de emergência: veja os benefícios para prédios e condomínios

A iluminação de emergência é uma medida de segurança obrigatória na maioria das cidades. Trata-se de um sistema que aciona a luz automaticamente em caso de queda de energia elétrica.

Além disso, a iluminação de emergência também tem a função de orientar os ocupantes de determinada área ou edifício para a saída, de forma segura e ordenada, em caso de falta de luz. Isso é importante principalmente nos casos em que queda de energia é decorrente de um sinistro com incêndio, por exemplo.

Ou seja, além de ser exigida pela lei, a iluminação de emergência cumpre um papel super importante na garantia da segurança dos moradores e frequentadores de prédios e condomínios. Confira abaixo quais são as principais orientações e saiba como deixar a sua casa ou local de trabalho ainda mais seguros!

luminária de emergência intelbras
(Luminária de emergência Intelbras, clique no link para ver mais)
QUAL NORMA DISPÕE SOBRE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA?

O sistema de iluminação de emergência é regido pela ABNT NBR 10898. Esta norma técnica define o objetivo da iluminação de viabilizar a evacuação segura em casos de queda de energia, incêndios e eventos que necessitem de desocupação rápida e segura de uma determinada área.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA?

De acordo com a norma técnica ABNT NBR 10898, existem 2 tipos de iluminação de emergência contra incêndio: a de aclaramento e a de sinalização.

A iluminação de emergência de aclaramento tem como função conseguir iluminar o piso, sendo obrigatória em lugares de circulação vertical ou horizontal, com saídas para o exterior do local.

Luminária de emergência de parede Exatron
(Luminária de Emergência de Parede Exatron, clique no link para ver mais)

Já a iluminação de emergência de sinalização, ou balizamento, é o tipo de iluminação com letras e/ou símbolos, e que orienta os ocupantes para a rota de saída mais segura.

placa de sinalização
(Placa de sinalização Taschibra, clique no link para ver mais)
ONDE INSTALAR AS LUZES DE EMERGÊNCIA?

Conforme as normas do Corpo de Bombeiros, os espaços públicos e os condomínios residenciais devem utilizar as luminárias nas saídas de emergência, nos elevadores, nas escadas de serviço e nos locais com fluxo intenso de pessoas.

blocos de emergência led farol taschibra
(Blocos de emergência led Taschibra, clique no link para ver mais)
COMO ESCOLHER UMA LUMINÁRIA DE EMERGÊNCIA?

A escolha da luminária de emergência vai depender do lugar de instalação. Ou seja, dependendo do tamanho do local, pode ser um equipamento simples ou mais potente. Em relação à intensidade da iluminação, a NBR 10898 traz as seguintes disposições: 

Modelo de aclaramento

Nos locais com desníveis, recomenda-se o uso de no mínimo 5 lux por m². Em áreas com até 96 m², o ideal é uma luminária com no mínimo 288 lúmens. Entretanto, nos corredores e halls, um aparelho que forneça 3 lux é suficiente para manter a iluminação adequada.

Vale lembrar que esse tipo de iluminação de emergência tem a função de iluminar os pisos. Dessa forma, é obrigatória em lugares de circulação horizontal ou vertical que contenham saídas externas dos estabelecimentos.

Modelo de sinalização

Aqui o ideal é que a luz ofereça, no mínimo, 30 lux para que cumpra com a sua função. Vale lembrar que a função desta iluminação é indicar os obstáculos e apontar as saídas de ambientes fechados.

E então, as informações que trouxemos sobre iluminação de emergência ajudaram você? Aproveite para conhecer as luminárias de emergência e placas de sinalização que estão com ótimos preços na Thony! Confira no site ou visite nossas lojas em Porto Alegre!


* Confira também aqui no blog o post Sensor de presença com soquete: segurança, economia e fácil instalação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *