Reforma e construção

Tinta standard, econômica e premium: qual a real diferença?

A pintura é um ponto bem importante em qualquer ambiente. Sendo assim, pode ser a área externa de uma casa, um restaurante, um quarto, uma sala, piso, azulejo — qualquer lugar mesmo. 

Por isso, é essencial selecionar as cores ideais para cada espaço. Assim como a categoria mais indicada! Isso porque, dependendo do caso, você pode escolher a tinta standard, a econômica e a premium.

As diferenças entre tinta standard, econômica e premium

Em suma, segundo as normas brasileiras (NBR 15079), os fabricantes estão autorizados a produzir e comercializar apenas tintas standard, econômica e premium.

Então, veja com a gente todas as diferenças entre elas e saber qual é a melhor para o que você precisa!

Tinta econômica

A tinta econômica, como o próprio nome já diz, é a mais barata. Porém, assim como o preço é uma vantagem, o produto apresenta suas desvantagens:

  • Rendimento relativamente baixo;
  • Exige mais demãos para obter um bom acabamento;
  • Não é recomendada para superfícies externas;
  • Menor resistência aos efeitos do tempo;
  • Durabilidade média de dois anos em ambientes internos;
  • Menos opções de acabamentos.

Enfim, essa tinta apresenta acabamento fosco e possui baixo nível de abrasão.

Tinta standard

O valor da tinta standard costuma ser maior que o da econômica e menor que o da premium, ficando no meio termo. Ademais, essas são algumas das suas maiores vantagens:

  • Rendimento relativamente alto;
  • Adequada para ambientes internos (durabilidade média de 3 anos);
  • Recomendada para superfícies externas (durabilidade média de 2 anos);
  • Qualidade intermediária;
  • Boa cobertura.

Assim como a econômica, a tinta standard também tem acabamento fosco.

Tinta premium

Entretanto, a tinta premium, entre as outras já citadas, é a que possui o maior valor, mas existem alguns motivos específicos. Olha só:

  • Altíssimo rendimento (durabilidade média de cinco anos);
  • Tem a melhor cobertura;
  • Alta qualidade;
  • Excelente acabamento;
  • Fácil aplicação;
  • Grande resistência aos efeitos do tempo e abrasões;
  • É a mais indicada para as superfícies externas;
  • Ação anti mofo, anti manchas, anti bacteriano e anti umidade;
  • Não apresenta cheiro em excesso;
  • É lavável.

Essa tinta possui acabamento fosco, semibrilho e acetinado. Além disso, pode-se dizer que ela apresenta um ótimo custo-benefício.

Então, já decidiu qual tinta é a ideal para você? Corre na loja Thony e aproveita os melhores preços de tintas standard, econômica e premium!

Dicas para não contaminar a sua pintura

Enfim, se você quer obter um bom resultado com a nova pintura, precisa seguir um passo a passo importante que pode fazer toda a diferença no final.

Por isso, antes de começar, faça uma limpeza do local e remova qualquer material que possa contaminar a pintura. 

Ademais, lembre-se: a superfície precisa estar firme, uniforme (sem buracos e rachaduras), seca e sem poeira, mofo, graxa, gordura ou sabão.

Se houver algum reboco novo, aguarde, no mínimo, 28 dias para começar a pintura, pois tudo precisa estar bem seco. Caso você não tome esses cuidados, alguns problemas podem acontecer:

  • Formação de bolhas;
  • Fissuras e trincas;
  • Descascamento e esfarelamento;
  • Aparecimento de manchas.

Então, gostou do nosso conteúdo? Tem mais alguma dica para compartilhar? Conta para a gente nos comentários!

*Leia também: Qual a melhor tinta para pintar azulejo? Confira as opções!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *