Área externa

Iluminação de jardim: dicas para a sua casa!

Como a nossa rotina está cada vez mais corrida, nem sempre conseguimos tirar um tempinho para entrar em contato com a natureza e relaxar. Mas fique tranquilo! Se você tem um quintal, varanda ou terraço, ainda dá para investir na criação de um jardim.

Então, além de trazer um pedacinho da natureza para o seu lar, ainda dá para explorar uma decoração linda através da iluminação de jardim, que destaca folhas e caules durante a noite.

Com certeza é um dos cantos do lar que mais deixará o morador à vontade e em paz. Ser criterioso na construção dele não é nenhum exagero. Afinal, este lugar pode ser palco de momentos muito agradáveis com sua família e amigos.

Se você quer caprichar na ambientação desse espaço não deixe de conferir nossas dicas abaixo que ajudarão a alcançar seu objetivo. Continue conosco e tenha uma boa leitura!

A importância da iluminação de jardim

A iluminação de jardim faz parte de um projeto de paisagismo que ajuda a deixar esse ambiente aconchegante e agradável. É necessário que o responsável pelo desenvolvimento dessa atividade estude os aspectos do local, crie um plano de massas e identifique que tipo de vegetação é adequada.

Com essa análise ele verá os pontos que apresentam mais sombras para poder distribuir estrategicamente os móveis e demais objetos ou estruturas que poderão compor o lugar. É muito interessante escolher com sabedoria as cores e o estilo de cada elemento no intuito desse pedaço da casa trazer total satisfação ao dono.

Os principais estilos de luzes

Outro aspecto importante na hora de organizar sua iluminação de jardim é a escolha do estilo das luzes que serão usadas. Existem uma variedade no mercado e o consumidor deve optar por aquela que está alinhada a um tipo de decoração.

Por exemplo, os cordões de luz trazem muita vivacidade e deixam o ambiente bem mais radiante, principalmente no período na noite. É ideal aos que gostam de happy hour, aniversário ou uma festa entre os membros da família, pois rende ótimas capturas de fotos.

Já os balizadores são indicados aos que constroem um caminho de tijolos e querem iluminar o percurso com eles. Caso queria evidenciar a beleza de bananeiras, coqueiros ou demais árvores invista em refletores ou luminárias espetos.

Se o espaço tem piscina as arandelas e as luminárias subaquáticas fazem com que o local seja totalmente convidativo a um bom mergulho nas águas.

É interessante trabalhar com base em um objetivo, alguns desejam a contemplação das plantas, outros o aconchego nas reuniões. Portanto, foque em uma finalidade para obter o resultado desejado.

Os tipos de lâmpadas para o local

Antes da manutenção do local, já pense e planeje qual será o tipo de lâmpada usada na iluminação do jardim. Recomendamos usar a luz branca para iluminar o ambiente e as coloridas ao querer evidenciar os elementos presentes.

Para quem preza por sustentabilidade e um estilo de vida consciente, opte pelas lâmpadas de energia solar, que fazem total diferença no valor das suas contas. Ainda com foco na economia, é possível também optar pelas de LED, com uma grande durabilidade e um bom custo-benefício.

Além disso, há também as incandescentes e as fluorescentes, que apresentam uma maior variedade de cores. Apesar das halogênicas deixarem o aspecto das plantas mais vivo e bonito, elas super aquecem e podem até chegar a queimar, o que causaria bastante prejuízo. Portanto, fique atento a essa questão na tomada de decisão.

Enfim, durante a leitura deste artigo você conheceu algumas dicas de iluminação de jardim para deixar esse espaço da sua casa bonito e acolhedor. Portanto, leve o que foi dito em consideração e faça bons investimentos para o seu lar.

Então, gostou deste conteúdo? Fique por dentro de mais novidades e tendências sobre Casa e Jardim, siga nossa página no Facebook e Instagram para manter-se informado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *